Aniversariantes Março

Aniversariantes Março

O Som da Motown

O curso Ebony English está organizando uma lista promocional: 30/04 - R$ 25,00 no Teatro das Artes - Shopping Eldorado, São Paulo.
Envie seu nome/email para: rodrigo.faustino@ebonyenglish.com.br
O espetáculo comemora os 50 anos da Motown, a lendária gravadora norte-americana de black music. O musical leva ao palco 50 das mais célebres canções eternizadas por astros e estrelas como Lionel Ritchie, The Supremes, The Jackson Five, Stevie Wonder, Smokey Robinson, The Funk Brothers, entre outros artistas e grupos musicais contratados pelo visionário Berry Gordy, entre 1960 e 1980.

Campeonato 4/4 Batidas e Scratches

O Campeonato 4/4 Batidas e Scratches que acontece em São Paulo, requer as mesmas habilidades que um esporte. O DJ é considerado como um atleta dos toca-discos e precisa de agilidade, concentração, técnicas específicas e muito treino.
O evento reúne DJs de todo o país para selecionar o melhor "turntabilista". Os participantes têm poucos minutos para fazer as performances, utilizando duas pick-ups, um mixer e seus discos e são avaliados por sua capacidade de construir batidas, fazer scratches e, consequentemente, empolgar o público.
Ao contrário das eliminatórias, em que os DJ's se apresentavam seguidamente, com três minutos de performance, as finais acontecem no formato "mata-mata", em que apenas o vencedor dos confrontos passa para a fase seguinte. Cada batalha tem dois rounds, com dois minutos e meio no total.
O campeonato conta com apoio da prefeitura e governo de São Paulo e está em sua segunda edição.

Minha História - Usher

Usher Raymond IV, nascido em Dallas, 14 de outubro de 1978, é cantor de R&B/pop, dançarino e ator norte-americano.
A atmosfera de Atlanta exala tanto R&B e hip hop que os artistas de lá começam a gravar discos quando ainda são moleques, Usher foi um deles. Descoberto em um sarau local por um executivo da gravadora La Face aos 14 anos, ele foi levado ao dono da companhia, L.A. Reid, que contratou o menino Usher Raymond, recém-saído de corais gospel.
Adotando simplesmente o nome Usher, ele foi apresentado ao mundo em 1994, com “Usher", um álbum que contava com a produção executiva de Sean Combs (também conhecido como Puff Daddy). Logo no primeiro single, "Think Of You", ele chegou à todas as rádios dos Estados Unidos e virou mania nacional, gravou um jingle da Coca-Cola e integrou o projeto de R&B Black Men United, com vários outros cantores, lançou o single "You Will Know", da trilha sonora do filme “A Face da Verdade". Ao lado da cantora Monica, ele regravou "Let's Straighten It Out", de Latimore.
Seu segundo disco, foi lançado quando ele finalmente se formou na escola, “My Way", de 1997, traz o rapaz mostrando suas habilidades de compositor em seis das nove canções, além de contar com produtores como Jermaine Dupri, Babyface e o velho amigo Sean Combs novamente. O primeiro single do disco, "You Make Me Wanna", logo o levou novamente ao topo das paradas de R&B, além de promover o cruzamento para o mundo do pop. As canções "Nice & Slow" e "My Way" seguiram o mesmo caminho.
Enquanto isso, enveredou pela carreira dramática, aparecendo em “The Faculty", um filme de terror adolescente, e o drama urbano “Um Grito Por Justiça". Não se esquecendo dos fãs, ele lançou um álbum ao vivo, chamado simplesmente “Live", em 1999. Ele voltou aos discos em “8701", de 2001, que o estabelecia definitivamente como cantor de soul, não mais como prodígio adolescente. No mesmo ano, Usher ainda fez uma aparição no aniversário de 30 anos de carreira de seu ídolo Michael Jackson, cantando "Wanna Be Startin' Somethin'" ao lado de Mya e Whitney Houston.
No início de 2004, o single "Yeah!", produzido por Lil Jon, chegou às rádios. A canção, que tinha o cantor e amigo Ludacris como convidado, subiu como um foguete e levou consigo o álbum “Confessions", que surgiu pouco depois. O disco mais maduro de Usher ganhou o Grammy de melhor disco de R&B contemporâneo.
Em 2005, foi indicado ao MTV Video Music Awards na categoria "melhor videoclipe masculino", com "Caught Up". Junto com ele, os cantores 50 Cent, Beck, John Legend, Kanye West, também concorreram ao VMA, na mesma categoria de Usher.
No dia 27 de maio, lançou seu novo álbum de estúdio, “Here I Stand". Ele esteve no programa de televisão americano Total Request Live, quando foi entrevistado pelo apresentador, ele confirmou que seu álbum Here I Stand contaria com a participação do rapper Jay-Z e de Beyoncé. Em 3 de dezembro de 2008 foi o mestre de cerimônias do Victoria's Secret Fashion Show que teve como tema central o "Regresso ao Glamour".
Cantou "Gone Too Soon" no evento memorial a Michael Jackson no Staples Center em 7 de julho de 2009. Ele foi o primeiro dos que se apresentaram a se aproximar e então tocar o caixão de Michael. Logo depois ele se juntou aos outros participantes do evento no palco para cantar a canção "We Are the World".
“Raymond vs. Raymond” ,seu sexto album de estúdio foi lançado no dia 30 de março de 2010 nos estados unidos , e estreiou no E.U. Billboard chat 200 em primeiro lugar , vendendo 329 mil cópias na sua primeira semana. Os três primeiros singles já foram lançados, são eles “Hey Daddy (Daddy's Home”), “Lil Freak” com participação da rapper Nicki Minaj e o sucesso internacional “OMG” com Will.I.Am.

video


Morre o Rapper Guru

O rapper norte-americano Guru morreu de câncer no dia 19 de abril (segunda-feira), aos 43 anos, informou o site do "New Musical Express".
Guru, nascido em Boston e cujo nome verdadeiro era Keith Elam, fez parte nos anos 80 da dupla de rap Gangstarr, ao lado do DJ Premier. O grupo ficou conhecido pela mistura de elementos do rap e jazz. Após o fim da banda em 2003, Guru criou a gravadora 7 Grand Records com o produtor Solar.
Ele também ganhou fama por seu projeto solo, cujo primeiro disco, "Jazzmatazz, Vol. 1", saiu em 1993. O disco ajudou a consolidar a mistura iniciada no Gangstarr e teve participações de jazzistas como Roy Ayers e Donald Byrd.
Segundo o site da revista norte-americana "Billboard", Guru sofreu uma parada cardíaca no começo de março e estava em coma.

Minha História - Teena Marie

Teena Marie (nascida Mary Christine Brockert em 5 de março de 1956) é cantora, compositora e produtora. Teena Marie, apelidada de Lady Tee, foi descoberta pela lenda do funk Rick James. Ela canta R & B com forte e robusto vocais e toca guitarra, teclados e congas. Ela também tem escrito, produzido, arranjado e cantado praticamente todas as suas canções desde o lançamento do seu primerio álbum.
Nasceu em Santa Monica, Califórnia. Apesar do estoque de línguas: português, irlandês, italiano e o dos nativos americanos, ela cresceu em Oakwood na área de Veneza.
Teena Marie assinou com a Motown Records, em 1976, tendo ganho uma introdução a equipe do produtor Hal Davis (mais conhecido por seu trabalho com os Jackson 5). Ela gravou material inédito com um número de diferentes fabricantes, incluindo Kerner e Wise, mas foi descoberta por Rick James, e o guitarrista Paul C Saenz, que posteriormente tornou-se seu mentor. O lançamento do seu álbum de estréia, “Wild and Peaceful”, foi originalmente concebido como um projeto a ser produzido por Rick James para Diana Ross. Mas ele preferiu trabalhar com Marie. O álbum estava em um ponto que seria creditado a "Tina Tryson", mas finalmente foi lançado sob o nome de Teena Marie. Marie fez seu primeiro top-ten R & B hit, "I’m Just A Sucker For Your Love”, que era um dueto com Rick James. Nem o encarte do álbum nem outra embalagem mostrava uma foto de Marie, aparentemente sobre a teoria de que o público negro poderia estar relutantes em comprar um álbum de um artista branco. De fato, muitos programadores de rádio supôs erradamente que Marie fosse afro-americana durante os primeiros meses de sua carreira. Este mito foi desmentido quando, em 1980, seu segundo álbum, “Lady T” , ostentava uma foto dela na capa.
Seu segundo, “Lady T” , é conhecido por ter produção de Richard Rudolph (marido da cantora de R & B Minnie Riperton, que morreu um ano antes). Marie pediu a Berry Gordy para manter contato com Rudolph, como Rick James não estava disponível ela não se sentia completamente pronta para ser única produtora de seu próprio material. Rudolph destinou a canção que ele escreveu, "Now That I Have You", a ser cantada por sua esposa, para Teena.
Também em 1980, lançou seu terceiro álbum, “Iron In The Fire”, no qual ela lidou com toda a escrita e produção, incluindo os arranjos de sua banda e backing vocals. O single “I Need Your Lovin” trouxe para Teena seu primeiro top 40 hit. Nesse mesmo ano, Teena Marie apareceu com um enorme sucesso de Rick James do seu álbum “Street Songs”, com o fumegante dueto "Fire and Desire". Os dois cantaram em 2004 no BET Awards, o que seria sua última aparição na TV juntos, pois Rick James morreu mais tarde naquele ano.
Marie continuou seu sucesso com a Motown em 1981 com o lançamento de “It Must Be Magic”, seu primeiro disco de ouro, que incluía seu então maior sucesso de R & B, "Square Biz". Outras faixas notáveis incluem "Portuguese Love" (com uma breve aparição não creditada por Rick James), a faixa-título "It Must Be Magic" e único álbum faixa "Yes Indeed", que Marie cita como um dos seus favoritos.
Em 1982, Marie entrou em uma batalha legal com a Motown sobre o seu contrato e as divergências sobre lançamento do seu novo material. A confusão resultou em “The Brockert Initiative", o que torna ilegal uma gravadora manter um artista em contrato sem lançar material novo para o artista. O artista, então, poderia assinar e lançar com outra gravadora, em vez de serem mantidos por um unsupportive. Teena Marie comentou sobre a lei em um artigo do LA Times, dizendo: "Não foi algo que me propus a fazer. Eu só queria fugir da Motown e ter uma boa vida. Mas ele ajudou muita gente, como Luther Vandross e Mary Jane Girls e um monte de artistas diferentes, de saírem de seus contratos ".
Depois de deixar a Motown em 1982, ela assinou com a Epic Records em 1983 e lançou o álbum “Robbery”, que incluiu o hit "Fix It", bem como "Shadow Boxing" e "Casanova Brown". Este último foi de uma série de faixas que ela escreveu sobre os anos de seu romance da vida real com seu mentor Rick James. O relacionamento terminou por esse ponto, mas os dois continuaram a amizade, por vezes tempestuosa, até a morte de Rick, em agosto de 2004. Em 1984, lançou seu álbum mais vendido, “Starchild”. Ele rendeu os singles "Lovergirl" e "Out On A Limb".
Em 1986, Marie lançou um álbum com influências de rock intitulado “Emerald City”. Era controverso com sua base de fãs estabelecida e não tão bem sucedido quanto seus predecessores. Gravou também um outro rock, "Lead Me On", co-produzido por Giorgio Moroder, para a trilha sonora do filme Top Gun do mesmo ano. Em 1988, porém, ela voltou ao seu R & B e funk de raízes lançando o criticamente aclamado álbum “Naked To The World". Este álbum continha o hit "Ooo La La La", que alcançou o topo da Billboard e continua a ser o seu single número1 até a presente data.
Lançou “Ivory”, no outono de 1990. Apesar do sucesso dos dois primeiros singles, "Here’s Looking At You" e "If I Were A Bell", a Epic Records não estava totalmente satisfeita com as vendas do álbum, assim Marie e a gravadora decidiram seguir caminhos separados.
No outono de 1994, Marie lançou "Passion Play" em sua própria gravadora independente, Sarai. Sem o apoio de uma grande gravadora, o álbum vendeu bem menos do que seus trabalhos anteriores, mas foi bem recebido pelos fãs.
Posteriormente Marie dedicou a maior parte de seu tempo para criar sua filha Alia Rose (que adotou o nome de Rose Le Beau e prossegue a sua própria carreira musical).
Em 2004, lançou seu álbum de retorno, "La Doña", pela Cash Money Records, e depois "Sapphire", em 2006. La Doña se tornou um sucesso sobre a base de Al Green na amostra "I'm Still In Love " e um dueto com o falecido Gerald Levert, "A Rose By Any Other Name". Marie foi nomeada para o Grammy Awards 2005 de Melhor Vocal Feminina de R & B de desempenho para "I'm Still In Love". primeiros sucessos, como "Young Love". Marie e a gravadora se separaram após o lançamento de Sapphire.
No final de 2008, Teena terminou seu novo álbum, "Congo Square", e recebeu uma resposta positiva do público. Congo Square foi lançado em 9 de junho de 2009 na Stax/Concord Records. Ela descreveu o álbum como "pessoal e espiritual" e informou que foi mais influenciada pelo jazz do que a maioria de seus trabalhos anteriores. “Can’t Last A Day”, um dueto com Faith Evans, vazou para a internet em março de 2009. Teena Marie diz a Evans, "Foi depois que eu tinha gravado a música eu tive a idéia de colocar Faith nele. Eu sempre amei Faith e seu estilo vocal. Ela me lembra de mim. Sua correlação com Biggie - ter uma carreira com ele e sem ele – me lembra de mim e Rick. Eu me sinto como ela é, uma jovem de mim. das senhoras mais jovens, ela é a única que eu mais amo. "
Enquanto isso, no que diz respeito as inspirações da vida dela por trás de "Congo Square", em janeiro de 2010 Teena disse para Lee Tyler, diretor do premiado Blues & Soul : "Eu queria fazer músicas que refletiam as coisas que eu adorava quando eu estava crescendo, cada música no álbum é dedicado a alguém, ou a algum gigante musical que eu amei. 'The Pressure "é dedicado a Rick James, “Can’t Last A Day” é dedicado à Gamble & Huff Sound - o Philly International Sound".'Baby I Love You' e 'Ear Candy' são dedicados a Marvin Gaye e Curtis Mayfield - com memórias de andar em Crenshaw, LA em jipes e saltar para a música no 808. Enquanto "Miss Coretta” é claro dedicado a Sra. Coretta Scott King, a falecida esposa do Dr. Martin Luther King.

Whitney Houston Retorna Aos Palcos

Whitney Houston iniciou o trecho britânico de sua turnê depois de cancelar uma série de shows devido a problemas de saúde, mas a apresentação não foi o que os fãs estavam esperando. A cantora continuava aparentando ter falta de ar durante o show, e interrompeu a apresentação com intervalos para beber água e conversar com o público, o que aparentemente lhe dava tempo para se recuperar.
A cantora deve viajar a Nottingham antes de seguir para Dublin, na Irlanda, por três dias, Newcastle e para o O2 Arena em Londres ainda neste mês. Depois vai para Itália, Suíça e Alemanha.

Beyoncé Vai Assinar Coleção Para a C&A

Após as cantoras Fergie e Nicole Scherzinger, é a vez de Beyoncé assinar uma coleção para as lojas C&A. A informação foi revelada no Twitter pela equipe do blog da marca.
Beyoncé será a estrela da campanha do Dia dos Namorados da rede de lojas.

50 Cent - Turnê Brasileira

A turnê brasileira do rapper 50 Cent "Before I Self Destruct" baseada no álbum homônimo lançado em 2009, vai passar por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Goiânia. As datas ainda não foram divulgadas.
Essa será a segunda vez que 50 Cent fará shows no país. A primeira foi em 2004, no Festival Chimera Hip Hop, em São Paulo. Sua passagem foi marcada por polêmicas depois de fazer streep tease no palco e declarar que a melhor coisa que encontrou no Brasil foi a maconha.
Sua vinda ao Brasil acompanhado pelo grupo G-Unit, foi confirmada por meio de seu Twitter.

Minha História - Montell Jordan

Montell Jordan (nascido em 3 de dezembro de 1968) é cantor-compositor de R&B e produtor musical. Jordan foi o segundo artista de R&B que assinou com a Soul Def Jam gravadora e se tornou o principal artista do sexo masculino na gravadora até deixá-la em 2003.
Montell Jordan frequentou a Pepperdine University, na Califórnia, onde recebeu diploma de bacharel em Comunicação.
Seu primeiro single foi lançado em 1995 "This Is How We Do It". Jordan seguiu seu sucesso com "Somethin’ 4 Da Honeyz", que alcançou a vigésima primeira posição. Mais tarde teve outros hits que incluem: "Let's Ride"com Master P e "Talk Show" com Shae Jones em 1998 e "Get It On Tonite" em 1999.
Além de elaborar seu próprio material, Jordan tem escrito e produzido para outros artistas, incluindo Christina Milian, 98 Degrees, Deborah Cox ("Nobody's Supposed To Be Here", 1998), e Sisqo (o hit número um "Incomplete", 2000). O cantor aparece no filme “The Fighting Temptations” como "Mr. Johnson", um presidiário irritado que é muito sensível sobre comentários a respeito de sua voz. Ele também teve uma rápida aparição em "O Professor Aloprado", e tocou no documentário Standing In The Shadows Of Motown . Em 2003, Jordan deixou a Soul Def e lançou o álbum “Life After Def” na Koch Records e também apareceu no álbum da popular cantora croata Nina Badric dueto em "Ne Dam Te Nikom" ("I’m Not Giving You To Anyone").
Montell Jordan lançou seu sétimo disco "Let It Rain" em outubro de 2008.
Ele agora é um cristão nascido de novo e pode ser visto em Vitória Igreja Mundial, em Atlanta, GA tocando com a banda da igreja.

Whitney Houston Internada

Whitney Houston foi internada no Hospital Americano de Neuilly, um bairro elegante de Paris por uma rinofaringite crônica e uma infecção respiratória.
O show no Palácio dos Esportes de Paris - Bercy - o mais importante da turnê europeia - foi adiado e o show em Manchester e Glasgow também. 

Dr. Dre e Jay-Z Gravam Juntos

De acordo com o site da revista norte-americana "Billboard", o single "Under Pressure" deve fazer parte do aguardado disco novo de Dr. Dre, ainda sem data da lançamento definida. Além de Jay-Z, o álbum deve ter participações de nomes como 50 Cent, Eminem, Nas e Lil Wayne.
O álbum mais recente de Dr. Dre é "2001", de 1999.

Minha História - Beverley Knight

Beverley Knight (22 de março de 1973, Wolverhampton, West Midlands) cantora de R&B, compositora e produtora musical. Foi fortemente influenciada por grandes nomes da música Soul, como Sam Cooke e Aretha Franklin.
Beverley Knight é embaixadora de muitas instituições de caridade como a Christian Aid e viajou pelas áreas afetadas pela doença e pela pobreza para ajudar a sensibilizar. Ela é militante ativa de organizações anti-Aids, como a AIDS campanha Stop and The Terrence Higgins Trust e é também ativista contra a letra homofóbica vocal na música urbana.
Aos treze anos, Beverley Knight começou a escrever suas próprias canções.Apenas aos dezessete anos, ela começou a levar seu ofício a sério e passou a executar as músicas que ela havia escrito em clubes locais em sua cidade natal. Com dezenove anos, um executivo de uma gravadora a ouviu cantar em uma boate e ofereceu um contrato de gravação. Mas a educação vinha em primeiro lugar e assim ela foi para a universidade para estudar Filosofia e Teologia religiosa.
No final de 1994, Beverley Knight assinou um contrato com a gravadora Dome Records. Pouco depois, entrou em estúdio para escrever e gravar seu primeiro álbum. A espinha dorsal do projeto foi produzido por London 2b3 trio de produção, com batidas adicionais fornecidas por Don E (primo de Beverley). Também Klarmann / Weber o compositor alemão e a equipe de produtores Chaka Khan , Randy Crawford, contribuiram com duas músicas. O resultado foi o álbum "The B-Funk" - aclamado como "o melhor álbum de soul britânico" por críticos quando foi lançado em novembro de 1995. Com ele ganhou dois Black Music Awards em 1996 ("Melhor Artista R&B" e "Melhor Produtor" para 2b3) e foi nomeada Melhor Artista R&B pelo Blues e Soul Magazine, batendo uma série de estrelas americanas.
Em fevereiro de 1997, Beverley deixou a Dome Records após divergências sobre sua direção musical, e assinou um contrato de quatro álbuns com a EMI controlada pela Parlophone Records. Depois de voltar ao estúdio com 2b3 e Don E e parceria com produtores novos Dodge e Carl McIntosh, Beverley lançou seu segundo álbum "Prodigal Sista" em agosto de 1998. O sucesso comercial do álbum provou ser muito maior do que o de sua estreia, ganhou três MOBO (Music Of Black Origin) Awards com "Made It Back" e "Greatest Day", Melhor Artista R&B em 1998 e 1999, respectivamente, e Melhor Álbum Award.
Ao longo de 2001 Beverley voltou ao estúdio de gravação para escrever e gravar seu terceiro álbum de estúdio. Ela estava acompanhada por um conjunto de diferentes escritores e produtores escolhidos a dedo em grande parte por Kevin e Bev da Grã-Bretanha e Estados Unidos, que incluiu James Poyser , Che Guevara, Josué e Derrick Derrick Martin, D'Influency, Mike Spencer e Colin Emmanuael. O resultado foi "Who I Am" , que foi lançado em março de 2002. Embora o álbum não tenha alcançado a unânime aclamação generalizada dos seus dois álbuns, ainda lhe rendeu duas nomeações para o Brit Award("Melhor Feminino ", "Best Urban Act"), e o álbum foi indicado para o prestigioso Mercury Music Prize em 2002.
No verão de 2003 voltou para o estúdio para gravar seu quarto álbum. Neste álbum ela contou com a ajuda dos produtores pop como Guy Chambers e John Vettese Peter, bem como DJ Munro  produtor de R&B. O resultado foi "Affirmation", que foi lançado em junho de 2004. Comparado com o elogio de seus álbuns anteriores, a crítica ao álbum foi mista. A imprensa mainstream, como The Guardian elogiou-a por diversificar, enquanto a imprensa black music como The Voice and Blues e Soul, acusou-a de vender para fora e ser manipulada pela música urbana por sua gravadora, alegação que ela nega categoricamente.
Em março de 2006 Beverley lançou seu quinto álbum, uma compilação com a maioria de seus singles, intitulada "Voice - The Best Of Beverley Knight" .
Em outubro de 2006, gravou seu quinto álbum de estúdio, "Music Soul City" , em Nashville . Concluído em menos de cinco dias, o álbum foi lançado em 7 de maio de 2007 e inclui colaborações com músicos como Ronnie Wood e Scotty Moore . Este acabou por ser o seu último álbum para a Parlophone .
Em 2009 ela anunciou através de seu site oficial que tinha deixado a Parlophone após onze anos e que lançaria material novo pelo seu próprio selo, o Hurricane Records. O álbum é intitulado de "100%" e teve colaboração de lendários produtores Jimmy Jam & Terry Lewis. O álbum foi lançado em 7 de setembro de 2009.

Whitney Houston Adia Show por Problemas de Saúde

Whitney Houston adiou o show em Paris devido a problemas de saúde, atrasando o trecho europeu de sua turnê mundial que não foi recebida muito favoravelmente na Ásia e na Austrália, nem pelos críticos e nem pelos fãs que reclamaram que ela estava desafinada, sem fôlego e parecia exausta.
"Whitney sofre de uma infecção respiratória e depois de uma consulta com seus médicos, recebeu a recomendação de adiar sua apresentação", disse um comunicado dos organizadores do evento.
A turnê dela continuará como programado em Manchester, na Grã-Bretanha, no dia 8 de abril, e uma nova data para Paris será anunciada em breve.
Sua publicitária Kristen Foster divulgou um comunicado negando que Whitney Houston estaria com problemas de saúde e insistiu que estava em ótima forma e tendo "um momento ótimo em sua turnê e com seus fãs".

Michael Jackson e Aretha Franklin no Hall da Fama

O lendário Teatro Apollo de Nova York, onde nasceram estrelas da música negra americana como Gladys Knight e James Brown, incluirá Michael Jackson e a diva Aretha Franklin em seu Hall da Fama.
De acordo com o teatro, Michael Jackson merece fazer parte de seu Hall da Fama porque foi "talvez a maior estrela do mundo e rompeu as fronteiras de sua arte como cantor, dançarino, compositor, artista visual e showman".
Os responsáveis pelo Apollo justificaram a inclusão de Aretha Franklin ao chamá-la de "uma gigante da música soul e uma instituição da cultura americana".
Aretha Franklin estará presente na cerimônia de inclusão no Apollo Theater Legends Hall Of Fame, marcada para 14 de junho em Nova York com apresentação do ator e cantor Jamie Foxx.
Alguns artistas que já figuram o Hall da Fama: Quincy Jones, Patti Labelle, Smokey Robinson, James Brown, Gladys Knight and The Pips, Little Richard e Ella Fitzgerald.

Lembra dessa?

Lembra dessa?

LeToya - Torn

Mary J Blige - A Night To Remember

Mary J Blige - A Night To Remember

Mary J Blige - A Night To Remember