Aniversariantes Junho

Aniversariantes Junho

50 Cent Trinta Quilos Mais Magro

O rapper 50 Cent vai aparecer irreconhecível, no filme "Things Fall Apart'", em que interpreta um jogador de futebol que descobre estar com câncer. Por causa do papel, ele precisou perder 30 quilos. Para emagrecer tanto em pouco tempo, ele fez caminhadas pesadas de três horas durante nove semanas e uma dieta baseada em líquidos. Confira o resultado!

Mariah Carey Sai do Elenco de Novo Filme

Mariah Carey anunciou sua saída do filme “For Colored Girls Who Have Considered Suicide When The Rainbow Is Enuf", dirigido por Tyler Perry.
Mariah, que ganhou elogios por seu trabalho em “Preciosa”, já havia acertado sua participação na adaptação do romance de Ntozake Shange, que começa a ser rodada em junho.
Sua saída sem motivo aparente, serviu para aumentar os rumores de uma possível gravidez, ainda mais que no início do mês de maio, visivelmente acima do peso, Mariah foi vista, em companhia do marido, Nick Cannon, deixando uma clínica em Los Angeles. Segundo informações, trata-se de um centro de fertilização.

Minha História - Craig David

Craig David Ashley nasceu em Southampton, Hampshire em 5 de maio de 1981 é cantor-compositor britânico. Filho de Tina (Loftus Née) uma assistente de loja de origem judia norte-americana e David George, um carpinteiro de ascendência africana. Seu pai tocava baixo em uma banda de reggae Ebony Rockers e foi aí que começou a paixão pela música. Ele ficava horas e horas vendo os ensaios do pai e aprendendo tudo o que podia. Aos oito anos seus pais se separaram e ele ficou com a mãe.
Na adolescência, começou a acompanhar seu pai em clubes de dança local, onde os DJs deixavam ele usar o microfone.
Craig David começou na carreira musical bem cedo. Após ganhar um concurso de letras britânico, passou a trabalhar em conjunto com Artful Dodger's Mark Hill, produzindo várias músicas como "I'm Ready", "Rewind", "Woman Trouble". Com o sucesso consagrado entre os DJs britânicos, resolveu investir em si próprio. Escreveu várias músicas do seu primeiro CD "Born To Do It". Seu primeiro single “Fill Me In", fez dele o mais jovem artista solo masculino britânico (ele tinha 19 anos na época) a ter um single número um nas paradas. Este foi o primeiro de uma seqüência de quatro Top 10 singles do seu álbum de estreia, que vendeu mais de sete milhões de unidades em todo o mundo, ganhando status multi-platina em mais de 20 países.
Em 2002, lançou o álbum “Slicker Than Your Average” que continha os singles "What's Your Flava?" e "Rise & Fall" (com Sting). De acordo com a RIAA o álbum chegou a Disco de Ouro nos E.U.A.
Mais tarde assinou contrato com a Warner Music e lançou o seu terceiro álbum, “The Story Goes ...", que foi lançado mundialmente em agosto de 2005 (excluindo nos Estados Unidos onde ele nunca foi lançado). O primeiro single, "All The Way", fez ele voltar ao Top 3. O segundo single, "You Don't Love No More (I'm Sorry)", empatada com “7 Days", foi o single que ficou mais tempo nas paradas desde "Re-Rewind", passando 15 semanas no Top 75 do Reino Unido. O terceiro single do álbum, “Unbelievable", estreou no número 18.
Em 2007, colaborou com o rapper britânico Kano em seu álbum "London Town", para o single "This Is The Girl". A faixa foi lançada em 27 de agosto de 2007 e estreou no número 18 nas paradas do Reino Unido.
O primeiro single "Hot Stuff" de seu álbum “Trust Me", foi um hit top 10, enquanto o álbum alcançou a posição número 18 no UK Albums Chart. "6 Of 1 Thing", o segundo single do álbum, alcançou a posição número 39 no UK Singles Chart.
Em 07 de novembro, foi reconhecido por sua contribuição à indústria da música ao receber um diploma honorário de Doutor em Música, da Universidade Southampton Solent em uma cerimônia de formatura realizada no Southampton Guildhall.
Em novembro de 2008 lançou seu primeiro Greatest Hits álbum.
Em dezembro, uma nova versão de "Insomnia", intitulado "Up All Night Mix", foi disponibilizado para download digital.
Em abril de 2009, Born To Do It ficou em segundo lugar em uma pesquisa realizada pela MTV para o Melhor Álbum de Sempre, que recebeu 40.000 votos, vencido por Michael Jackson com o álbum “Thriller".
Em setembro de 2009 os fãs tiveram o primeiro gosto do novo álbum, com uma demo exclusiva postada em seu site oficial.
Em outubro, Craig David revelou aos seus fãs via Twitter e seu site que ele tinha assinado um novo contrato de gravação com a Universal.
A edição britânica de Jay Sean do álbum All Or Nothing , que foi lançado em novembro 2009 possui Craig David em uma faixa intitulada "Stuck In The Middle".
O novo álbum Signed Sealed Delivered, possue hits da era Motown, dando-lhes o seu próprio toque moderno. Canções como: "I Heard It Through The Grapevine" (Marvin Gaye), "Papa Was A Rollin’ Stone" (The Temptations) e "For Once In My Life" (Stevie Wonder).
Em 24 de março de 2010 (Dia Mundial da Tuberculose), Craig David foi nomeado o mais novo Embaixador da Boa Vontade contra a Tuberculose. Ele está emprestando sua voz para a campanha Stop Tuberculose. A primeira atividade dele como embaixador foi viajar para a África do Sul para saber mais sobre a tuberculose, lá encontrou pessoas que venceram a doença, pessoas que ainda estão lutando contra a doença, crianças que enfrentam a ameaça da tuberculose a cada dia, e cientistas que têm dedicado suas vidas para fazer da tuberculose, história. Craig David afirmou que a missão é ajudar a superar o estigma social da tuberculose, a fim de vencer a doença.

Discografia
• Born to Do It (2000)
• Slicker Than Your Average (2002)
• The Story Goes... (2005)
• Trust Me (2007)
• Greatest Hits (2008)
• Signed Sealed Delivered (2010)

Chris Brown em Belo Horizonte

Minha História - Stacy Lattisaw

Stacy Lattisaw nasceu em 25 de novembro de 1966. Quando adolescente no início de 1980, Stacy Lattisaw teve uma seqüência de Top 40 R&B hits, com várias músicas: "Let Me Be Your Angel", "Jump To The Beat", “Love On A Two Way Street" e "Miracles".
Gravou seu primeiro álbum para Cotillion Records com 12 anos de idade em 1979, sob a direção do produtor da gravadora Van McCoy. No entanto, foi com Narada Michael Walden, um ex- baterista da Mahavishnu Orchestra que estava começando sua carreira como produtor, que ela se tornou uma estrela. Sob a direção de Walden, ela atingiu cinco hits álbuns entre 1981 e 1986. Do seu álbum de 1982, “Sneakin’ Out", Mariah Carey fez um sample da música "Attack Of The Name Game" para sua canção “Heartbreaker".
Ela continuou a gravar na década de 1980, assinando com a Motown em 1986. Ela marcou o seu único # 1 R&B hit como um dueto com Johnny Gill chamado "Where Do We Go From Here". Embora o sucesso fosse grande, cresceu cada vez mais desencantada com a indústria fonográfica. Até o início dos anos 1990, ela decidiu se aposentar da indústria da música e se concentrar em aumentar sua família. Atualmente, o seu site oficial afirma que ela está trabalhando em um CD gospel.

Discografia:
1979 - Young And In Love
1980 - Let Me Be Your Angel
1981 - With You
1982 - Sneakin Out
1983 - Sixteen
1985 - I’m Not The Same Girl
1986 - Take Me All The Way
1988 - Personal Attention
1989 - What You Need

Minha História - Gerald Levert

Gerald Levert (13 de julho de 1966 – 10 de novembro de 2006) filho de Eddie Levert (vocalista do The O'Jays) e Martha, nasceu na Filadélfia. Cresceu em Shaker Heights, Ohio, e devido a carreira de seu pai, viajava com a banda regularmente. Enquanto estava na escola, a inclinação para a música tornou-se aparente quando ele formou o trio LeVert, com seu irmão Sean Levert (falecido, 30 de março de 2008) e seu amigo Marc Gordon em 1984. Quatro dos sete álbuns do grupo foi platina. Estes incluem: I Get Hot, em 1985, Bloodline em 1986, o Big Throwdown em 1987, e Just Coolin em 1988. Entre memoráveis hits do grupo: "(Pop, Pop, Pop, Pop) Goes My Mind", "Casanova" e "ABC-123" (não confundir com The Jackson 5 hit de mesmo nome).
Em 1991, seguiu carreira solo com o álbum, Private Line, que foi número um no R & B charts. No ano seguinte, ele e seu pai, Eddie Levert, conquistaram o hit número um no R & B charts com o single, "Baby Hold On To Me". Levert gravou uma série de álbuns durante os anos 1990 e início de 2000, que continha os singles, "Thinkin’ Bout It", "Taking Everything", "Funny", "Mr. Too Damn Good To You"," U Got That Love", e um remake de R. Kelly "I Believe I Can Fly", juntamente com a cantora Yolanda Adams.
Levert também cantou duas músicas no filme documentário de 2002 "Standing In The Shadows Of Motown" - A História de The Funk Brothers. Foram: "Shotgun" e "Reach Out I'll Be There".
Em 2005, lançou seu décimo álbum, Voices.
Escreveu e produziu canções para outros artistas, como: Barry White, Stephanie Mills, Teddy Pendergrass, James Ingram, The Winans e The O'Jays. Em meados da década de 1990, ele também ajudou a lançar as carreiras de três grupos de R & B: The Rude Boys, Men At Large e 1 Of The Girls. Em 1997, uniu-se com colegas cantores Keith Sweat e Johnny Gill, para formar o super grupo, LSG. O trio lançou o álbum Levert-Sweat-Gill, no mesmo ano, seguido por LSG2 em 2003. Gerald Levert realizou um dueto com Teena Marie no seu álbum de 2004 La Doña . Suas últimas colaborações foram na canção "My Angel", de 2006 para Jim Brickman álbum intitulado Escape e na música "Real S ***" do rapper Styles P do álbum, Time Is Money.
Em 10 de novembro de 2006, foi encontrado morto em sua cama quando um primo tentou acordá-lo. Os relatórios iniciais declararam que ele tinha morrido de um aparente ataque cardíaco. Em fevereiro de 2007, a autópsia concluiu que a morte foi causada por uma combinação fatal de prescrição de analgésicos, anti-histamínicos e remédio para ansiedade. A autópsia revelou também que Levert tinha pneumonia. A causa oficial da morte foi intoxicação aguda, e a morte foi dada como acidental.
Após a divulgação da causa de sua morte, um porta-voz da família afirmou que todos os medicamentos encontrados na corrente sangüínea foram prescritos para o cantor. Levert estava tomando medicação para a dor crônica no ombro de um problema persistente e de uma cirurgia em 2005 para reparar o tendão de Aquiles.
Pouco antes de sua morte, Levert terminou o trabalho sobre o que seria o seu último álbum, In My Songs. O álbum foi lançado em 13 de fevereiro de 2007.
Embora nunca tenha se casado, Gerald Levert teve três filhos: LeMicah, Camryn e Carlysia.

American Music Award
o 1999, R & B Favorite Band / Soul, Duo ou Grupo (Nomeado) w / LSG
o 1993, Artista Masculino Soul R & B favorito / (indicado)
o 1988, R Favorite & B / Soul Single: "Casanova" (nomeado) w / Levert

BET Awards
o 2007, R Artista Masculino Favorito e B: (indicado)
o 2007, BET J Cool Like Dat: (Winner)

Grammy Awards
o 2008, Melhor Performance R & B Tradicional: "In My Songs" (vencedor)
o 2007, Melhor Performance R & B por um Duo ou Grupo: "Family Reunion (Everyday)" (nomeado) w / Chaka Khan, Carl Thomas e Yolanda Adams
o 1998, Melhor Álbum de R & B por um duo ou grupo: "Levert Gill Sweat" (nomeado) w / w / LSG
o 1988, Melhor Performance R & B por um Duo ou Grupo: "Cassnova" (nomeado) w / Levert

Image Awards
o 2004, Artista Masculino Excepcional (indicado)
o 2008, Melhor Duo ou Grupo (Winner), como Gerald Levert & Eddie Levert

Soul Train Awards
o 2003, Soul Masculino Favoritos / R & B Album: The G Spot (indicado)
o 1999, a banda favorita, Duo ou Grupo Album: Levert.Sweat.Gill (indicado)
o 1995, Soul Masculino Favoritos / R & B Album: Groove On (nomeado)
o 1988, a banda favorita, Duo ou Grupo Único: "Casanova" (Vencedor w) / Levert
o 1988, a banda favorita, Duo ou Grupo Álbum: The Big Throwdown (Winner) w / Levert

Janet Jackson Não Quer Mais Gravar Álbuns

Janet Jackson não quer gravar mais nenhum disco. A cantora não está mais interessada em gravar álbuns, uma vez que eles não têm mais o impacto que tinham antigamente, preferindo compor singles. Janet observou o mercado e álbuns não estão fazendo o que geralmente fazem quando se usa um grande orçamento.
A cantora também está se concentrando em sua carreira de atriz, após atuar recentemente no filme "Por Que Me Casei Também?" Está prestes a gravar outro filme, "For Colored Girls Who Have Considered Suicide When the Rainbow Is Enuf" com Mariah Carey, Kerry Washington and Whoopi Goldberg.

Minha História - Patti LaBelle

Patti LaBelle (nasceu Patricia Louise Holte em Filadélfia, Pensilvânia em 24 de maio de 1944), é atriz, cantora-compositora de R&B e Soul. Filha de Henry Holte, um trabalhador da ferrovia e Robinson Bertha Holte, uma dona de casa.
Cresceu cantando em uma igreja Batista e destacou-se por cantar diversos gêneros musicais. Em 1991, o álbum "Burnin", recebeu um Grammy de melhor performance R&B. A diva do Soul Patti LaBelle, teve uma das carreiras mais longa na vida da música contemporânea, com muitos hits. Em 1965, The Quartet, conhecido agora como Patti LaBelle & The Bluebelles, assinou um contrato com a Atlantic, onde ganhou mais um hit com sua versão de "Somewhere Over the Rainbow", posse do grupo Atlantic.




video

Lembra dessa?

Lembra dessa?

Alicia Keys - You don't Know My Name

Keyshia Cole Ft. Gavyn Rhone - Party ain't A Party

Keyshia Cole Ft. Gavyn Rhone - Party ain't A Party

Keyshia Cole Ft. Gavyn Rhone - Party Ain't A Party